4 de agosto de 2011

À procura de um buffet

Meu casamento se aproxima, faltam menos de seis meses, mas nada de encontrar um buffet! Fiz mais uma pesquisa sobre o assunto durante o mês de julho e achei umas dicas muito boas no blog Casamento Econônomico sobre o que levar em consideração quando for contrartar o serviço de buffet.


Também é sempre fazer uma busca na internet sobre o fornecedor, no próprio Google e no Reclame Aqui, como já havia citado em: Case sem venda casada.

As dicas da Rosiele, do Casamento Econômico:

-Pesquise todos os dados da empresa, peça referência a outros casais, busque reclamações ou denúncias na internet, consulte o site do Ministério da Justiça ou o do Procon do seu estado.


-Prepare tudo com antecedência, pesquise. (Isto a gente já faz né? rs)


-Faça um contrato minucioso: descreva todos os itens como a marca das bebidas, quantidade de doces. Especifique horário para entregas e para que a comida seja servida. Se o contrato não for cumprido, o casal deve ir à Justiça e pode pedir todo o reembolso e ainda indenização por dano moral”,
-Veja como o fornecedor lhe trata antes do casamento, enquanto você nunca tem tempo pra lhe atender, não faz concessões, você nunca o encontra no telefone, certamente isto irá se repetir próximo à data do casamento, e lhe trará muita insegurança e dor de cabeça. 


-Se você pediu um orçamento e na hora a pessoa lhe prometou mundos e fundos, parece ser realmente um ótimo profissional e você até tem boas referências deste, mas se ela ficou de retornar um orçamento e depois de algum tempo respondeu, parece que ele não tem muito interesse por você e pelo seu casamento, então desista e corrar atrás de outro, não queira alguém assim e mais depender de alguém assim para realizar seu sonho.


-Pesquise em comunidades do orkut do tipo: Noivas de SP, Noivas de Curitiba e região. Geralmente existem relatos das noivas, falando bem e indicando fornecedores, bem como não recomendando outros, e geralmente falam o porque. Paree bobeira, mas não custa nada dar uma olhadinha, é mais uma forma de se previnir.
Eu levo muito em consideração a quarta dica, analisar como o fornecedor lhe trata antes do casamento, e principalmente antes de fechar o contrato. Já passei por experiências que tive dificuldades para encontrar o fornecedor antes de fechar o contrato, mas o preço estava bom e resolvi fechar mesmo assim, mas não preciso nem dizer que isso deu uma tremenda dor de cabeça! Por isso, veja como as pessoas do buffet atendem você quando for fazer a degustação, como vão servir você. Afinal, como você vai contratar alguém para atender seus convidados, se na hora de te convencer não fizeram muita questão?

Nenhum comentário:

Postar um comentário